Quinta-feira, 8 de Julho de 2010

Engravidar depois dos 35 anos

Bom dia Drª,

 

Antes de mais, quero dar os parabéns por esta iniciativa, acho muito importante este cantinho para as Mulheres.

 

Venho então colocar as minhas dúvidas, que gostava se possível de ver aqui esclarecidas.

Passo a descrever um meu historial para melhor entender as minhas  questões. Tenho 36 anos (acabados de fazer) e a minha 1ª menstruação apareceu tinha eu 10 anos de idade. Os ciclos não era muito regulares e aos 16 anos a situação piorou, pois comecei a fazer ciclos de 15 em 15 dias. Fui a um ginecologista, fiz uma ecografia que deu para detectar quistos pequenos nos ovários. Nessa altura para além do tratamento dos quistos, foi me receitada a pílula para regularização dos ciclos. Regularizada a situação, deixei de tomar a pílula, retomando a toma 2 anos mais tarde como contraceptivo. Aos 33 anos fui mãe e posso dizer que assim que deixei de tomar a pílula, engravidei no mês seguinte. As minhas questões prendem-se com o seguinte:

 

- O facto de ter sido menstruada muito cedo, e de ter tido os quistos pode indiciar a deficiência precoce de produção de estrogenos e testosterona nos ovários e por assim dizer, iniciar a menopausa mais cedo?

 

- Gostava de, entretanto, ter outro filho (aliás deixei de tomar a pílula à cerca de 2 meses)... A probabilidade de engravidar com 36 anos, tendo em conta o meu historial, pode ser menor que outra mulher que tivesse sido menstruada mais tarde?  

 

Agradecendo antecipadamente pelo seu esclarecimento,

 

 

RESPOSTA

 

Muito obrigada pelo seu elogio e espero poder elucidá-la relativamente ás suas dúvidas.

 

Não há relação entre a primeira menstruação bem como a existência de quistos no ovário e a idade da menopausa. O tempo de vida dos ovários (nº de folículos) é determinada geneticamente quer isto dizer que vai diminuindo progressivamente ao longo da vida. Por volta dos 50 anos a maioria das mulheres terá esgotado o nº de folículos com que nasceu.

 

Quanto à probabilidade de engravidar com 36 anos, independentemente da sua história clínica, a idade e a fertilidade estão inversamente relacionadas, pelo que quanto mais tarde uma mulher deseja engravidar mais difícil se pode tornar.

publicado por consultorio às 23:04
link do post | comentar | favorito
|

Bem vinda

Este espaço foi criado para esclarecer todas as dúvidas e responder a todas as perguntas na área da Ginecologia.
Envie a sua questão para mjmendoncabhlxxi@sapo.pt

Dr.ª Maria João Mendonça

Licenciada pela Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa, com especialização em Ginecologia e Obstetrícia.
Especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Medicina da Reprodução no British Hospital Lisbon XXI.
Docente na Escola Superior de Enfermagem e regente da Cadeira “Saúde e Gravidez” no Curso de Mestrado da Escola Superior de Desporto de Rio Maior.

British Hospital

Morada: Rua Tomás da Fonseca, Edifícios B e F
Torres de Lisboa
1600-209 Lisboa

Telefone: +351 217 213 400
Fax:+351 217 213 465
E-mail: info@british-hospital.pt

pesquisar

 

posts recentes

Ovários multifoliculares

Pílula

Nódulos na mama

Engravidar

Método Essure

Malformação do útero

Menstruação

Acne e ovulação

Gravidez in vitro

Toma da pílula

Toma da pílula

Colo do útero

Engordar com a pílula

Candidiase

Disovulação

Temas

“borras de café”

abdominoplastia

acne

acne rosácea

alimentação

alteração

alteração hormonal

alteração na transpiração

amamentar

amenorreia

analises fígado

ansiedade

ataques de pânico

atraso menstrual

auréolas mamárias

ausência menstruação

avc

cancro de mama

candidiase

ciclo menstrual

clítoris

colesterol

comichão

consulta ginecologia

consultas

contracepção

contraceptivo

corrimento

corrimento com sangue

cremes

curetagem

diarreia

dor

dor de cabeça

dores

dores mamilos

dosagem

dose hormonal

eco mamária

ecografia

ecografia pélvica

eficácia contraceptiva

eficácia pílula

embrião

endometriose pélvica

engordar

engravidar

espermatozóides

exame

excesso pêlos

fertilidade

fiv

fluxo menstrual

folículos

formação nodular

genérico

ginecologia

gravidez

gravidez ectópica

gravidez gemelar

hemorragias

higiene

higiene intima

hipertensâo

hormonas

inchada

incomoda

incomodo

incompatibilidade

infecção

infecção fúngical

infecção urinaria

infecção vaginal

infertilidade

interferência outros medicamentos

intestino

laqueação de trompas

laqueação trompas

lesão

lubrificantes

mastalgia

medicação

medicação com risco

medicação e stress

medicamentos

medicina reprodução

menstruação

ovários

ovulação

período

pílula

preservativo

relações sexuais

sangramento

teste gravidez

toma da pílula

tratamento

útero

vagina

vida sexual

todas as tags

arquivos

links

subscrever feeds