Segunda-feira, 8 de Novembro de 2010

Vaginismo

Boa tarde,

Tenho 21 anos. Mantenho uma relação com o meu namorado há 4 anos e, há cerca de 2, iniciámos a nossa vida sexual em conjunto. Sendo os dois virgens, pensámos que as minhas dores e desconforto durante o acto sexual fossem temporários. Porém, o problema persistiu até agora. Tive sempre muitas dores durante a penetração, muitas vezes impossibilitando o acto sexual. E não só na penetração, mas também com outro tipo de carícias. Tudo o que se aproximasse da entrada da vagina me causa dor.
Consultei uma ginecologista e, estando tudo bem comigo fisicamente, foi-me diagnosticado vaginismo.

Tenho vindo a pesquisar sobre este assunto. Percebi que é um problema com cura. Mas estou um pouco perdida sobre o que hei-de fazer. Tenho lido que a mulher, e mesmo o casal em conjunto, pode realizar alguns exercícios. Mas o que posso fazer ao certo?
Já tinha perdido a esperança de que algum dia isto me pudesse passar. É um problema que traz muita vergonha, causando muita frustração em mim e o meu namorado, fazendo-nos perder até a vontade de estarmos juntos sexualmente.

Sendo o vaginismo um problema também psicológico, confesso que desde sempre me senti pouco à vontade na discussão dos assuntos relacionados com a sexualidade. Porém, tenho vontade de estar com o meu namorado. Mas não sei o que hei-de fazer para relaxar. Existe algum guia da cura para este problema?!

Agradeço antecipadamente a resposta!

 

Resposta )
publicado por consultorio às 17:22
link do post | comentar | favorito

Pílula

Boa tarde Dr.ª Maria João Mendonça,

 

Escrevo-lhe pois preciso de colocar algumas questões que me têm preocupado muito nestes últimos dias e ficaria bastante agradecida se me ajudasse a esclarecê-las.

Tenho 18 anos e tomo a pilula Minigeste, desde Janeiro deste ano. Comecei a tomá-la pois iniciei a minha vida sexual mais ou menos por essa altura. Desde aí, a minha menstruação tem vindo sempre no dia certo, dura cerca de 4 a 5 dias, sem nenhum problema. Tomo regularmente a pílula, nunca falhando um comprimido. É provável que me tenha atrasado na toma de um ou dois comprimidos, mas nunca após 8 horas. Mas nestes dois últimos meses tenho tido um corrimento espesso, com uma cor meia acastanhada, escura, juntamente com uma dor na zona abdominal, sendo por vezes fortes. A minha menstruação iniciou na quinta-feira e acabou ontem, durando o tempo previsto mas sempre com aquela cor e hoje volto a iniciar a nova caixa da pílula.

Estou preocupada pois não acho normal que a minha menstruação esteja assim, ainda por cima há dois meses. Tenho uma vida sexual bastante activa e, de há uns tempos para cá (5,6 meses), não tenho usado qualquer contraceptivo à excepção da pílula. Ainda não fiz qualquer teste. Mas será que existe a probabilidade de estar grávida? Ainda é cedo para fazer o teste?

 

Agradeço desde já pela atenção e aguardo ansiosamente por uma resposta.

 

Os melhores cumprimentos.

 

Resposta )
publicado por consultorio às 11:01
link do post | comentar | favorito

Bem vinda

Este espaço foi criado para esclarecer todas as dúvidas e responder a todas as perguntas na área da Ginecologia.
Envie a sua questão para mjmendoncabhlxxi@sapo.pt

Dr.ª Maria João Mendonça

Licenciada pela Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa, com especialização em Ginecologia e Obstetrícia.
Especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Medicina da Reprodução no British Hospital Lisbon XXI.
Docente na Escola Superior de Enfermagem e regente da Cadeira “Saúde e Gravidez” no Curso de Mestrado da Escola Superior de Desporto de Rio Maior.

British Hospital

Morada: Rua Tomás da Fonseca, Edifícios B e F
Torres de Lisboa
1600-209 Lisboa

Telefone: +351 217 213 400
Fax:+351 217 213 465
E-mail: info@british-hospital.pt

pesquisar

 

posts recentes

Vaginismo

Pílula

Temas

“borras de café”

abdominoplastia

acne

acne rosácea

alimentação

alteração

alteração hormonal

alteração na transpiração

amamentar

amenorreia

analises fígado

ansiedade

ataques de pânico

atraso menstrual

auréolas mamárias

ausência menstruação

avc

cancro de mama

candidiase

ciclo menstrual

clítoris

colesterol

comichão

consulta ginecologia

consultas

contracepção

contraceptivo

corrimento

corrimento com sangue

cremes

curetagem

diarreia

dor

dor de cabeça

dores

dores mamilos

dosagem

dose hormonal

eco mamária

ecografia

ecografia pélvica

eficácia contraceptiva

eficácia pílula

embrião

endometriose pélvica

engordar

engravidar

espermatozóides

exame

excesso pêlos

fertilidade

fiv

fluxo menstrual

folículos

formação nodular

genérico

ginecologia

gravidez

gravidez ectópica

gravidez gemelar

hemorragias

higiene

higiene intima

hipertensâo

hormonas

inchada

incomoda

incomodo

incompatibilidade

infecção

infecção fúngical

infecção urinaria

infecção vaginal

infertilidade

interferência outros medicamentos

intestino

laqueação de trompas

laqueação trompas

lesão

lubrificantes

mastalgia

medicação

medicação com risco

medicação e stress

medicamentos

medicina reprodução

menstruação

ovários

ovulação

período

pílula

preservativo

relações sexuais

sangramento

teste gravidez

toma da pílula

tratamento

útero

vagina

vida sexual

todas as tags

arquivos

links

subscrever feeds